segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Imagens do desenvolvimento: Veja como está o andamento da Rio Bonito Embalagens e Yazaki



O Jornal O Bonitense inicia esta semana com imagens que falam mais que palavras. Os registros fotográficos são da XP Móvies, do fotógrafo Alexandre Oliveira (Xande Produções). As fotos são das duas indústrias que, juntas, deverão geram cerca de 2.300 empregos a partir de 2021. A primeira é a multinacional japonesa Yazaki.

A planta será a melhor e maior do Brasil, segundo a Yazaki Mercosul. A empresa é especializada na produção de chicotes automotivos e outros componentes, como displays e dispositivos eletrônicos. Serão gerados cerca de 2 mil empregos diretos quando a fábrica estiver em operação e a marca irá integrar o conjunto de fornecedores da fábrica da Jeep em Goiana, na Zona da Mata Norte. A expectativa é que a fábrica comece a produzir a partir de junho de 2021.

A Rio Bonito Embalagens está em sendo construída no distrito de Alto Bonito. Com a expectativa de gerar mais de 300 empregos a partir de fevereiro de 2021, a empresa é especializada na fabricação de embalagens de polpa moldada (papel reciclado) para ovos, frutas, entre outros. A Yazaki e a Rio Bonito Embalagens se juntam a Moinho Cachoeira, Karintó, Lunick’s, Somopar e 2MFC, que já estão instaladas no município e em funcionamento. Juntas, essas empresas irão gerar cerca de R$ 5 milhões em salários, o que irá gerar mais renda e emprego no município.

Segundo Saulo Maia, Coordenador do projeto que trouxe a Rio Bonito Embalagens para Bonito, o município irá sofrer um grande impacto social e econômico, e que os bonitenses devem se preparar o mais rápido possível para poder acompanhar essas mudanças que o município irá sofrer, principalmente quando a Rio Bonito e a Yazaki estiverem em pleno funcionamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui