domingo, 1 de dezembro de 2019

Bonito pode ter o abastecimento de água interrompido a partir do dia 15 de dezembro

Reprodução/Internet
O município de Bonito pode ter o seu abastecimento de água interrompido pela Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa, a partir do dia 15 deste mês, caso o Projeto de Lei do Executivo que renova a concessão da empresa não seja aprovado na Câmara de Vereadores de Bonito.

A concessão de 30 anos da Compesa se venceu há algum tempo e é preciso uma renovação para que a Companhia possa continuar com o abastecimento do município. O prefeito Gustavo Adolfo (PSB), encaminhou o PL ao poder Legislativo, que colocou o projeto em primeira votação na segunda, dia 25 de novembro.

O vereador Dr. Edmilson Henauth (PSB), pediu vista do projeto para poder apresentar emendas no mesmo, com isso, a primeira votação ficou para a quinta, dia 29. A reunião da quinta, começou com o que poderia ser um problema, a falta de 3 vereadores da oposição, porém, a presença de 10 vereadores dava quórum para aprovação.

Dr. Edmilson apresentou duas emendas ao Projeto de Lei, sendo uma delas o tempo de concessão, que estaria no texto original do PL em 50 anos, sendo assim, com a emenda, reduzido para 30, o que teria agradado aos Edis, inclusive os de situação.

O projeto foi colocado em votação, mas, os vereadores oposicionistas Zenilson Costa (PHS) e Joseildo Rosa (PSD), se abstiveram do voto. Com a decisão dos dois parlamentares, o projeto não seria aprovado. Um novo pedido de vista do PL obrigou o presidente da Casa, o vereador Marquinhos da Garagem (PSB), a remarcar para essa segunda (02) uma nova reunião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...