domingo, 4 de agosto de 2019

Com presença de autoridades, APAE Bonito é inaugurada

Bonito vivenciou um dia de muita alegria com a inauguração da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais, APAE/Bonito. O evento ocorreu na sexta (02.08) e contou com a presença de várias autoridades, dentre elas estavam a presidente da Federação Estadual das Apaes, Dra. Amélia Borges, a presidente da Apae/Bonito, Naedja Barbosa e a Autodefensora Estadual da Federação das Apaes, Bruna Soraya.

O evento contou ainda com a participação do prefeito e vice-prefeito do Bonito, Gustavo Adolfo e Edson Monteiro, do presidente da Câmara de Vereadores, Marquinhos da Garagem, do Promotor do MPPE em Bonito, Dr. Adriano Camargo e do deputado estadual e padrinho da Apae/Bonito, Clodoaldo Magalhães.

Durante a inauguração, diversas apresentações culturais foram encenadas para o público presente, dentre eles os pais das crianças assistidas pela Apae, assim como os voluntários que deram total apoio na realização do evento. Após as apresentações, aconteceu o descerramento da placa e o corte do bolo.

Apae/Bonito
Av. Agamenon Magalhães, 466, Boa Vista
Bonito-Pernambuco
81 99645.9530
E-mail: bonito@apae.com.br
Instagram: @apaebonito
Facebook: /apae.bonito 

APAE

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae ) nasceu em 1954, no Rio de Janeiro. Caracteriza-se por ser uma organização social, cujo objetivo principal é promover a atenção integral à pessoa com deficiência intelectual e múltipla. A Rede Apae destaca-se por seu pioneirismo e capilaridade, estando presente em mais de 2 mil municípios em todo o território nacional.

Nesse tempo a Organização acumulou resultados expressivos e que refletem o trabalho e as conquistas do Movimento Apaeano na luta pelos direitos das pessoas com deficiência. Nesse esforço destacam-se a incorporação do Teste do Pezinho na rede pública de saúde; a prática de esportes e a inserção das linguagens artísticas como instrumentos pedagógicos na formação das pessoas com deficiência, assim como a estimulação precoce como fundamental para o seu desenvolvimento.

Hoje, no Brasil, essa mobilização social presta serviços de educação, saúde e assistência social a quem deles necessita, constituindo uma rede de promoção e defesa de direitos das pessoas com deficiência intelectual e múltipla, que hoje conta com cerca de 250 mil pessoas com estes tipos de deficiência.

Fotos: Xande Produções/DeCom/PMB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...