sexta-feira, 30 de maio de 2014

NOVO PARCEIRO





Internauta faz apelo em prol da "Cacimba da Cadeia"

 

O Internauta Pedro Paulo, usou seu perfil no Facebook para cobrar das autoridades competentes, uma solução para a popular "Cacimba da Cadeia" 

 - Gostaria de pedir ajuda dos órgãos competentes da prefeitura de Bonito pra darem um jeito neste estado que se encontra a Cacimba da cadeira, como é conhecido a décadas, pois o estado que ela se encontra é lamentável e injusto, pois quando não se tem água da Compesa, é a ela que todos procuram, não só os que moram perto mais também toda a população já veio pegar água dela . Peço também a todos que conhece esse local que compartilhem e façam também seus comentários e apelos pra conseguir mudar isto, a mudar essa cena que vcs estão vendo agora. Obrigado a todos.






 

Fonte: https://www.facebook.com/pedro.paulo.144

 

 

Frente Popular volta ao Sertão no final de semana para ouvir a população

 

Petrolina é o próximo município a receber a Agenda 40, evento promovido pela Frente Popular de Pernambuco para mobilização, apresentação da chapa majoritária e discussão de propostas. O ato acontece no sábado (30), às 10h30, na casa de eventos Manga Rosa, e reunirá lideranças políticas de todo o Sertão do São Francisco. Participarão os pré-candidatos ao Governo estadual, Paulo Câmara (PSB), a vice-governador, Raul Henry (PMDB), e a senador, Fernando Bezerra Coelho (PSB).A Agenda 40 acontece em meio a um giro da Frente pelo Sertão do São Francisco.
Na sexta-feira, Paulo Câmara chega a Cabrobó às 8h, onde concede entrevistas a rádios locais e tem um encontro com o prefeito Auricélio Torres (PSB). Paulo chega às 11h a Orocó, para um encontro com os ex-prefeitos Didi Amando (PR) e Bosco Bione (PSB). Às 14h30, conversa, em Santa Maria da Boa Vista, com a prefeita Eliane Costa (PSL); dá entrevista a rádios e, às 17h20, se reúne com o ex-prefeito Jetro Gomes e seu grupo político.

O itinerário do dia continua em Lagoa Grande, onde está agendado um evento com o prefeito Dhoni Amorim, o ex-prefeito Robson Amorim e aliados, às 19h. Ainda à noite, a Frente Popular chega a Petrolina, onde visita a feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fenagri) e acompanha uma vaquejada no Parque Geraldo Estrela.

No sábado (30), ainda em Petrolina, Câmara toma café da manhã com empresários locais, às 8h; concede entrevista a veículos locais, às 9h30, e segue para a Agenda 40. Ele ainda almoça com vereadores e lideranças petrolinenses, às 13h.

As visitas ao Sertão do São Francisco se encerram no domingo (1° de junho). Às 9h, o pré-candidato participa de um evento com o ex-prefeito de Afrânio, Carlinhos Fernandes (PSD). A última agenda será às 10h30, em Dormentes, onde se encontra com o prefeito Roniere Reis (PSB), o ex-gestor Geomarco Coelho (PSB) e aliados.

HOJE – Em mais uma reunião com lideranças políticas para apresentar suas ideias e colher sugestões para seu Plano de Governo, o pré-candidato da Frente Popular de Pernambuco será recebido nesta quarta-feira (28) por representantes das comunidades do Pina, Brasília teimosa, Areinha e Bode, em um encontro organizado pelo vereador do Recife Eduardo Chera (PTN). O socialista estará acompanhado do seu candidato a senador, Fernando Bezerra Coelho. O ato acontece a partir das 20h, no Iate Clube, em Brasília Teimosa, localizado na Rua Badejo, n°4. 


Assessoria



quarta-feira, 28 de maio de 2014

Delegados da polícia civil podem decretar greve




Os delegados da Polícia Civil de Pernambuco podem entrar em greve ou realizar paralisações em breve, caso não recebam uma proposta positiva do Governo do Estado para as demandas da categoria, avalia a Associação de Delegados da Polícia Civil de Pernambuco (Adeppe). “A possibilidade de greve, de paralisação, ou de qualquer outra medida coercitiva, ela é real”, afirmou Antônio Cândido, diretor da Associação, em entrevista à Rádio JC News, na manhã desta segunda-feira (26).A categoria está afinada. "Ela quer o reconhecimento. Ela vai ás últimas consequências”, disse ainda. 

A decisão sobre uma possível paralisação pode ser tomada ainda esta semana, já que este era o prazo prometido pelo Governo do Estado para oferecer uma resposta às demandas dos delegados. “Essa bola foi passada para o governo. Essa decisão não está mais nas mãos da categoria”, afirmou Cândido. Para os delegados, a remuneração está aquém do trabalho desenvolvido pela Polícia Civil.O salário atual é apontado como o terceiro menor do País, atrás da Paraíba e do Pará.

Hoje, um delegado iniciante ganha R$ 8.200, segundo a Associação. Para o grupo, porém, o valor está defasado. Para corrigi-lo, dizem os diretores da Adeppe, vale fazer as paralisações inclusive durante a Copa do Mundo, que tem início no próximo dia 12. Nas últimas duas semanas, os delegados se reuniram com os secretário de Administração, José Neto, e da Casa Civil, Luciano Vásquez. Os dois têm tomado à frente das negociações com servidores na gestão do governador João Lyra Neto (PSB). Há cinco dias,os delegados decretaram uma Operação Padrão na atuação no Estado. Ela consiste em aproveitar todo o prazo legal disponível para realizar as atividades burocráticas; sem agilizar nada.

– A promessa de uma greve na Polícia Civil ocorre 15 dias depois da greve de policiais militares e bombeiros,que gerou diversos saques e arrastões na Região Metropolitana do Recife (RMR) e no interior. Para contorná-la, o Governo do Estado pediu ajuda ao Exército e à Força Nacional. A greve dos PMs acabou depois de três dias, após ter a ilegalidade decretada pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). 


Frente Popular interpela prefeito de Camocim de São Félix na Justiça





A Frente Popular de Pernambuco tem mostrado que não deixará os ataques dos adversários sem respostas. Na terça-feira (27), o setor jurídico do PSB interpelou junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o prefeito de Camocim de São Félix, Uilson de Teté (PTB), para que ele explique acusações feitas contra seus candidatos e o Governo Estadual. O petebista afirmou ter sido procurado por um funcionário da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), afirmando que a cidade receberia recursos para a promoção do São João de sua cidade, se aderisse à chapa socialista.

O pré-candidato socialista ao Governo, Paulo Câmara, informou que deu total liberdade à coordenação jurídica da Frente Popular de Pernambuco para ingressar com ações na Justiça Eleitoral contra inverdades propagadas pelos adversários. “Não vamos deixar sem respostas as declarações irresponsáveis que coloquem em dúvida a minha conduta e da Frente Popular. Nós atuamos de forma limpa e transparente. Eles terão que provar o que estão dizendo”, declarou.

No início de maio, o jurídico de Câmara também interpelou no TRE os prefeitos Izaías Régis (Garanhuns), Jorge de Melo (Iati) e Felipe Porto (Canhotinho - DEM), que também afirmaram em eventos da chapa petebista terem sido procurados por pessoas ligadas ao Governo Estadual, oferecendo benefícios em troca de apoio. O senador Armando Monteiro (PTB) e o deputado federal João Paulo (PT), também foram acionados, desta vez, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O petebista, inclusive, já foi notificado para que explique as acusações, na mesma linha.

O advogado Carlos Neves Filho afirma que o jurídico da Frente Popular está vigilante com relação aos ataques. “Queremos que eles expliquem e provem suas falas. Que digam exatamente quem os procurou, em que contexto. Não deixaremos passar. Toda vez que houver ofensa à honra e à conduta, de Paulo Câmara ou da Frente, nós vamos agir”, garantiu.



terça-feira, 27 de maio de 2014

Paulo assume compromisso de construir 3 ​novos ​ hospitais, 6 UPA ​S -E e ampliar qualidade do serviço






Depois de visitar e ouvir demandas de mais de 80 municípios pernambucanos, até agora, e se reunir com entidades da classe médica e especialistas do setor, o pré-candidato da Frente Popular de Pernambuco ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), apresentou nesta terça-feira (27) as diretrizes para a Saúde que vão nortear as propostas de seu Plano de Governo. As linhas de atuação objetivam reforçar a estrutura da rede estadual e aprimorar o atendimento à população, agilizando a consulta e o diagnóstico, trazendo mais conforto aos pacientes e integrando as informações do sistema.​ 
     ​
O socialista ressaltou que o Governo Estadual já avançou muito na qualidade do atendimento de saúde oferecido à população, citando o aumento da cobertura de urgência e emergência, com a construção dos hospitais metropolitanos e do Mestre Vitalino, em Caruaru; do atendimento de média complexidade, através das UPAs 24h e Especialidades; e trabalhos de prevenção, como o programa Mãe Coruja, que ajudou a reduzir a mortalidade infantil no Estado em 47%.​      ​

“O investimento em Saúde tem sido permanente e bem acima do mínimo que a legislação ordena. Duplicamos a oferta de leitos por habitante, ficando dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas é preciso avançar mais, ampliar a cobertura, humanizar o atendimento, aprimorar a qualidade do serviço que chega ao pernambucano, integrar as diversas unidades. É isso que nós vamos fazer”, explicou o pré-candidato.

COMPLEMENTAÇÃO DA REDE DE ALTA E MÉDIA COMPLEXIDADE​ 
     ​
Será construído o Hospital Geral de Cirurgia, na Região Metropolitana do Recife. A unidade, com 20 salas cirúrgicas e capacidade para 300 leitos, será voltado para cirurgias eletivas, em especialidades como urologia, traumatologia (com ênfase nas patologias do idoso), ortopedia, neurologia, proctologia, cirurgia vascular, otorrinolaringologia e cirurgia geral, com capacidade para realizar por ano o total de 24 mil cirurgias/ano e 132 mil consultas ambulatoriais/ano. A unidade tem o valor estimado em R$ 180 milhões, e será integrada à rede de UPAs e aos sistemas municipais, com foco na humanização do atendimento já a partir do projeto arquitetônico, uma vez que contará com áreas de convivência, apoio à integração entre pacientes e familiares, inclusive na área de terapia intensiva.   
   ​
O programa da Frente Popular vai prever a construção do Hospital Geral do Sertão (HGS), em Serra Talhada, especializado em emergência geral, clínica médica e cirurgias geral, traumatológica, urológica e proctológica. Com 150 leitos, o investimento previsto é de R$ 70 milhões. No equipamento, poderão ser realizadas 7,5 mil consultas de emergência/mês; 3 mil consultas ambulatoriais/mês; 7,8 mil internações/ano e 3,6 mil cirurgias/ano.      ​
Completando a rede estadual de assistência obstétrica de alto risco, será erguido também o Hospital da Mulher do São Francisco, em Petrolina, a um custo estimado de R$ 84 milhões. Com 110 leitos, a unidade focará no cuidado à saúde integral da mulher. Oferecerá maternidade com Centro Cirúrgico, UTI Adulto, UTI Neonatal, UCI, Internação, Casa da Mãe; contará com ambulatório, banco de leite, centro de diagnósticos; exames de densitometria, ultrassonografia, tomografia, ressonância, urodinâmica; e consultas em clínica médica, cardiologia, endocrinologia, climatério, infertilidade, geriatria, patologia do trato genital inferior, planejamento familiar, mastologia, uroginecologia e outras especialidades. O hospital garantirá, ainda, 100% de mamografia e citologia oncótica, além de ter capacidade de realizar 2,8 mil atendimentos de urgência/mês, 10 mil exames de imagem/mês e 26 mil consultas ambulatoriais/mês.
      ​
Também será implantado o Hospital da Mulher do Sertão. Com a construção do Hospital Geral do Sertão, o Hospital Professor Agamenon Magalhães de Serra Talhada será transformado no Hospital da Mulher do Sertão, que terá perfil semelhante às outras unidades deste segmento. Com isto, as quatro macrorregiões de saúde de Pernambuco (Recife, Caruaru, Serra Talhada e Petrolina) passarão a contar com um centro de referência de alta complexidade para a saúde da mulher. Com um investimento de R$ 20 milhões para sua requalificação, a nova unidade terá ampliação de 40 leitos e realizará 1,4 mil atendimentos de urgência/mês, 6 mil exames de emergência/mês e 15 mil consultas ambulatoriais/mês. 
         ​
O Hospital Regional Mestre Dominguinhos, já em construção em Garanhuns, terá especializações em clínica médica, pediatria, cirurgia geral, obstetrícia, ginecologia, traumatologia e ortopedia. Terá capacidade para 150 leitos, 7,5 mil consultas de emergência/ano, 6,6 mil consultas ambulatoriais/ano, 8,4 mil internações/ano e 4,4 mil cirurgias anuais.​   
   ​
O atual Hospital Geral de Areias será transformado em Hospital do Idoso. Para dar mais conforto, segurança e atendimento humanizado para o cuidado integral e multiprofissional com ênfase nas necessidades da Saúde do Idoso. A unidade será duplicada a sua capacidade, passando de 70 para 150 leitos. O investimento previsto é de R$ 70 milhões.

COMPLEMENTAÇÃO DA REDE DE MÉDIA COMPLEXIDADE AMBULATORIAL​      ​
O programa contempla a construção de seis UPAs Especialidades nas cidades de Petrolândia, Santa Cruz do Capibaribe, Vitória de Santo Antão, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes, ao custo estimado de R$ 9 milhões, cada. As unidades oferecerão cirurgias ambulatoriais e consultas em endocrinologia, cardiologia, neurologia, pneumologia, otorrinolaringologia, alergologia,reumatologia, pediatria, ginecologia, obstetrícia, dermatologia, gastroenterologia, geriatria, entre outras. Poderão ser agendados ou realizados no próprio local, exames de endoscopia, colonoscopia, ecocardiografia, teste ergométrico e outros. Também serão atendidos pacientes encaminhados pelo Programa de Saúde da Família (PSF).​ 
     ​
As localizações das unidades foram baseadas no atendimento a cidades ou regiões na faixa entre 200 mil e 300 mil habitantes, garantindo a universalização da oferta de exames e de consultas de média complexidade para a população usuária do SUS.
FORTALECIMENTO DO SISTEMA DE ATENDIMENTO AOS PACIENTES
      ​
Serão criados mutirões de atendimento e exames no interior e ações de assistência farmacêutica. O programa O Doutor Chegou contará com um sistema itinerante de exames de mamografia e cirurgias de catarata, além de mutirões de cirurgias eletivas nas 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) e no apoio à implantação do Sistema de Atendimento Domiciliar (SAD) nos municípios. 
     ​
O programa Medicamento em Casa vai universalizar a entrega em domicílio para usuários de medicamentos especiais com dificuldade de locomoção, experiência iniciada dentro do serviço Farmácia de Pernambuco, criado pelo Governo Eduardo Campos. A assistência farmacêutica integral também será reforçada, através da implantação de consórcios de municípios para a compra centralizada de medicamentos básicos (hipertensão, diabetes, parasitoses, osteoporose, saúde mental, infecções, vitaminas, fitoterápicos), reduzindo custos e otimizando a distribuição; com a concessão de incentivos e apoio gerencial para melhorar a estrutura das farmácias nos municípios, com recursos federais e estaduais; e com o suporte à gestão do sistema, para que os consórcios façam a administração das redes intermunicipais.​
      ​
Será criado também o Saúde Conduz, programa de incentivo e apoio gerencial aos consórcios intermunicipais para a modalidade “TFD” (transporte fora do domicílio) nos municípios, com recursos federais e estaduais, incluindo transporte intrarregional de pacientes com “vans”, para encaminhamento das unidades básicas de saúde municipais, e ônibus para atendimento de média e alta complexidade nas unidades em outras regionais, em razão da tecnologia necessária ou da quantidade de pacientes.     ​

Será implantado um Consórcio Municipal para aquisição de medicamentos, aperfeiçoando o processo em quesitos como prazos de entrega, logística e preços. O Governo Estadual criará incentivos financeiros para as prefeituras que aderirem e financiará, nos primeiros anos, a estrutura necessária para o funcionamento do consórcio.     ​

Os Serviços de Atenção Domiciliar passarão a atender 100% da população. O governo Estadual criará o incentivo aos municípios para garantir a totalidade de cobertura do SAD no Estado, passando de 30 para 90 equipes. Hoje, apenas 30% da população tem acesso ao SAD. O custo estimado é de R$ 10,1 milhões/ano.

GESTÃO DA REDE E DOS SERVIÇOS DO SETOR​ 
     ​
Criação do programa Saúde Melhor. As propostas contemplam: a informatização e integração em rede de todos os sistemas internos dos hospitais estaduais; o suporte à implantação dos sistemas nas redes municipais de atenção básica, com posterior integração à rede estadual; a implantação do prontuário eletrônico na rede estadual, com banco de imagens para exames; a disponibilização dos resultados de exames pela internet e o cadastramento de doentes crônicos (tuberculose, hipertensos, diabetes).


Assesspria de Imprensa
Foto: Aluísio Moreira


App brasileiro Zap Zap quer tomar o lugar do WhatsApp






WeChat. Line. Snapchat. Kakao Talk. Viber. FireChat. Telegram. A lista de concorrentes para o WhatsApp é enorme, e acaba de ganhar mais um concorrente no setor de mensagens instantâneas, o brasileiro Zap Zap.
 
Lançado no último domingo, o Zap Zap é uma versão adaptada do app russo Telegram, que recebeu muita atenção após a compra do WhatsApp pelo Facebook, graças à sua segurança e ao seu foco exclusivo no envio de mensagens.

O app brasileiro, desenvolvido pela Private Host, utiliza a estrutura do Telegram, mas está traduzido em português (embora a tradução tenha algumas falhas), e conta com uma novidade bastante interessante: além de estar disponível para Android, ele também permite conversas através de qualquer navegador – basta ter o aplicativo instalado em seu telefone, porém.
O processo de cadastro e instalação é bastante semelhante aos outros apps de mensagem: depois de baixá-lo, você cadastra o seu telefone, espera por um código de confirmação e pode começar a conversar com amigos.

Para o navegador, o processo é semelhante: depois de instalar e cadastrar o app, você recebe um código de confirmação e pode conversar em qualquer computador (uma ótima coisa para quem passa o dia na frente de um PC e/ou tem preguiça de tirar o celular do bolso para checar o WhatsApp).


Para baixar o Zap Zap para Android, Clique aqui.



COPA ARENA 2014



segunda-feira, 26 de maio de 2014

Câmara promete um hospital geral para o Sertão





A dois dias da apresentação de suas propostas para área da saúde, o pré-candidato da Frente Popular de Pernambuco ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), adiantou em que pretende construir um hospital geral para o Sertão. O socialista, que percorreu municípios da região neste fim de semana, destacou que a unidade será destinada ao atendimento de grande complexidade, uma vez que a localidade apresenta uma carência desse tipo de serviço. A ideia do ex-secretário da Fazenda é que o parelho seja erguido no município de Serra Talhada.

“Durante a nossa (da Frente Popular de Pernambuco) visita por Serra Talhada, Salgueiros e outros municípios da região, anunciamos a nossa proposta de construir o Hospital Geral do Sertão para atender a demanda que existe. Ela (a iniciativa) será apresentada formalmente na apresentação do nosso programa de governo para a área da saúde, na terça-feira (27)”, revelou Paulo Câmara.Apesar de ter adiantado a sua pretensão de construir o aparelho, o pré-candidato preferiu guardar reserva sobre o número de leitos que serão disponibilizados à população sertaneja com o equipamento.

Esse dado só deverá ser apresentado durante o anúncio das propostas para a área.Curiosamente, o Hospital Geral do Sertão prometido por Paulo Câmara poderá ser construído justamente em um município que é governado por um oposicionista seu: o prefeito Luciano Duque (PT). O petista, inclusive, tem se engajado na campanha do senador Armando Monteiro Neto (PTB) ao Governo do Estado, participando de negociações para o fortalecimento do palanque do petebista na região. 


Assessoria de Imprensa



domingo, 25 de maio de 2014

Câmara: "Armando não representa Eduardo"




De acordo com socialista, senador "sequer tem experiência de gestão" 

Em entrevista coletiva a rádios e blogs de Serra Talhada e região, neste sábado (24), o pré-candidato da Frente Popular de Pernambuco ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), rechaçou a tentativa feita pelo PTB, em suas inserções de TV, de associar o seu pré-candidato a uma suposta continuidade do Governo Eduardo Campos (PSB). "Armando não representa Eduardo. Ele sequer tem experiência de gestão. 

Nunca administrou nada público. Para governar Pernambuco, tem que saber gerir. Eu conheço. Sou servidor público há 22 anos e, nos últimos sete, ocupei três secretarias de Estado: a de Administração, do Turismo e da Fazenda", disparou o socialista.Além da experiência, argumentou Câmara, é necessário ter uma equipe eficiente para governar. "O mesmo time que ajudou Eduardo a fazer uma revolução em Pernambuco, do qual eu fiz parte nesses sete anos, estará ao meu lado para dar continuidade a este projeto. E, como vamos encontrar uma máquina azeitada, vamos poder fazer ainda mais e mais rápido", garantiu o socialista.

Câmara também rebateu as declarações do adversário, que o acusa de não possuir experiência política. "A única coisa que podem falar de mim é que eu nunca fui candidato a nada. Isso é verdade. Falavam a mesma coisa de Geraldo Julio (PSB), em 2012. Apesar disso, ele se elegeu prefeito do Recife no primeiro turno e é o segundo melhor gestor municipal do Brasil. Agora, experiência política eu tenho e a minha política é a de ouvir as pessoas. E é isso que farei como governador; foi esse perfil que me fez ser escolhido para esta disputa", rebateu o pré-candidato.

Pré-candidato ao Senado na chapa da Frente, Fernando Bezerra Coelho (PSB), atribuiu a tentativa a uma análise, por parte do petebista, das dificuldade da campanha pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), em Pernambuco. "Ele quer pegar carona na continuidade ao Governo Eduardo, representada realmente por Paulo Câmara, porque sentiu que o barco do lado de lá vai fazer água. Sabe que nosso candidato a presidente (Campos) bate a dele com folga em Pernambuco, como indicam as pesquisas. Quer descolar de Dilma", avaliou FBC.


Assessoria do PSB


BASTIDORES DA POLÍTICA BONITENSE





A novela dos concursados - Por Breno César

O Vereador Breno César, fez um requerimento esta semana solicitando ao prefeito do município, para que seja enviado até até a Casa Leônidas Vila Nova, informações sobre qual o advogado (s) e qual o valor pago para patrocinar o processo dos concursados de Bonito. Segundo o vereador, as informações colhida por ele é que o escritório que está com a causa, e um escritório conhecido por ter seus honorários bastante caro, e como já se alastra por mais de 5 anos, a prefeitura já deve está gastando uma fortuna para manter desempregado quase 300 pais de família.


As "novas velhas obras " - Por Breno César

Outro assunto tratado pelo Vereador Breno César na tribuna da Câmara, foi sobre as obras que estão paralisadas em Bonito. Segundo o vereador as obras já estão ficando velhas e sendo refeitas novamente se tornando "novas velhas obras", - "é uma pena o que está acontecendo na Praça da Bandeira, uma obra que já era para ter sido entregue a população, está lá, servindo de mictório" falou o vereador em seu discurso, o mesmo ainda falou do abandono no estádio Artusão, Açougue Público, antigo Mercado de Farinha, e principalmente das fábricas que vinham se instalar em Bonito e até agora não deram as caras.


Bonito 181 anos de Emancipação

Foram fortes as críticas da população através das redes sociais em relação aos 181 anos de emancipação política de Bonito, primeiro pelo fato de novamente a prefeitura realizar um evento sem ter a participação de artistas locais, depois, pelo fato de mais um vez, o chefe do poder executivo ter viajado neste período. Diferente do ano passado, quando o prefeito fez a inauguração de obras e doação de casas, e com uma grande comitiva de deputados presentes, este ano, a população teve que se contentar com um bolo pela manhã e um show artístico a noite.


Pai e filho

Uma cena chamou bastante a atenção no hasteamento das bandeiras defronte a prefeitura no dia do aniversário da cidade, pai e filho fazendo o hasteamento lado a lado. O prefeito em exercício Pedro Cabral, Pedrito (PSB), hasteou a Bandeira de Bonito enquanto o seu filho, representando a presidência da Câmara, o vereador Ítalo Damasceno (PSB), fez o hasteamento da Bandeira de Pernambuco, o que se fala, é que foi a primeira vez que pai e filho estavam representando os dois principais cargos políticos da cidade, fato esse que pode ter sido o primeiro da história política de Bonito.


Ricardo Cabral, "o cara"

Não é de hoje que o secretário Ricardo Cabral é unânime nos elogios feito pelos vereadores de Bonito, quase em toda reunião, algum vereador, principalmente de oposição, elogia o trabalho e a dedicação do nobre secretário, porém, o executivo não lhe dá o apoio necessário para ele desenvolver o seu trabalho, e isso talvez tenha uma explicação, segundo o vereador Ronaldo do Inhame (PSDC), o motivo da falta de apoio ao secretário seria medo, "Sabe porque o secretário Ricardo Cabral não consegue desenvolver o seu trabalho? porque o prefeito tem medo, porque ele é mais um que se destaca no município e o prefeito tem medo que ele seja um eventual candidato em 2016" falou o vereador.


Lombadas na PE-109

Depois dos moradores do Loteamento Frei Damião fazerem uma manifestação exigindo a implantação de lombadas no perímetro urbano no sentido Alto Bonito/Bonito, o DER-PE em parceria com a prefeitura do Bonito, instalou 10 lombadas na PE-109, desde o Loteamento Jardim América até a Igreja Batista, com isso a população espera diminuir o numero de acidentes nesse trecho, principalmente nas imediações da entrada do Frei Damião.



Asturb em ação


Mais uma vez, a Asturb - Associação de Turismo do Bonito, levou o nome de Bonito para o conhecimento do público que visitou a 4º Mostra de Turismo Rural de Pernambuco. A Asturb esteve presente no evento mostrando os atrativos turísticos rurais do município e foi representada pelo presidente da entidade, Sr. Pedro Farias, a vice-presidente, Sra. Fátima Holanda, e o diretor de marketing, Pablo Farias. A Asturb aposta no turismo rural e ecológico para aumentar o fluxo de turistas no município de Bonito.  







INFORMATIVO 360°


Capuchinhos apresentam programação da festa de Frei Damião






A Ordem dos Capuchinhos apresenta, nesta segunda-feira, a programação oficial e os detalhes sobre a 16ª Festa de Frei Damião, que será realizada de 29 de maio a 1ª de junho. Na ocasião, também será informado sobre o andamento do processo de beatificação e canonização de Frei Damião.


Este ano, o evento comemora os 17 anos da morte de Frei Damião, o Apóstolo do Nordeste. A coletiva de imprensa será realizada no Convento de São Félix, na Rua José Rodrigues, bairro do Pina. Participarão da coletiva, os freis responsáveis pela coordenação da festa, além dos representantes dos órgãos governamentais que estarão auxiliando na segurança, transporte e no serviço de saúde durante todo o evento.

Nos quatro dias de programação, romeiros e fiéis participarão de missas, vigílias, bênçãos e procissão. A expectativa de público durante todos os dias do evento é de cerca de 100 mil pessoas. 

DP



Paulo critica atraso nas obras da Transnordestina e Transposição






De acordo com socialista, falta gestão nas duas intervenções por parte do Governo Federal Em giro pelo Sertão Central, o pré-candidato da Frente Popular de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), criticou a paralisação nas obras da ferrovia Transnordestina e da transposição do Rio São Francisco, sob responsabilidade do Governo Federal. "Está faltando gestão. 

Tem que ter monitoramento, um acompanhamento constante e a agilidade para corrigir os problemas que vão surgindo no meio do caminho. E não estamos vendo isso acontecer", apontou o socialista, após reunir-se com o prefeito Serrita, Carlos Cecílio (PSD).Câmara ressaltou que a Transnordestina é essencial para o desenvolvimento do Sertão Central, tanto no escoamento da produção local quando para o acesso a insumos, e que os sertanejos são as principais vítimas do atraso.  "É lamentável ver que a obra continua parada, que há muito tempo não sai do lugar", cravou.

Sobre a transposição, o socialista afirmou que seu companheiro de chapa Fernando Bezerra Coelho (PSB) destravou as obras,  quando ocupou o Ministério da Integração Nacional. Mas, após a sua saída, a intervenção voltou a perder o ritmo. "Se o projeto tivesse continuado a seguir seu ritmo correto,  talvez estivéssemos sentindo menos os efeitos da estiagem que vem assolando o Sertão", lamentou Paulo Câmara, que, além de Serrita, cumpriu agenda em Parnamirirm, Mirandiba e Verdejantes.


Assessoria do PSB




Concurso da Compesa tem disputa de 214 candidatos por vaga




Mais de 15 mil inscritos concorrem a uma das 70 vagas neste domingo (25). Provas serão aplicadas em todo o estado; resultado deve sair em 3 de julho.



Mais de 15.000 candidatos disputam, neste domingo (25), a uma das 70 vagas oferecidas em concurso da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). A seleção ocorrerá nos turnos da manhã (níveis médio e técnico) e tarde (fundamental e superior) em todo o estado. Os salários variam de R$ 1.000 a R$ 6.154. As provas objetivas são da Fundação Getúlio Vargas (FGV).



De acordo com a banca organizadora, a média de concorrência é de 214 candidatos por vaga. A maior disputa é para o cargo de assistente de Saneamento e Gestão, na especialidade de Assistente de Gestão, com 1.894 candidatos para uma vaga. A previsão da companhia é divulgar o resultado até 3 de julho.

Os candidatos para os cargos de nível fundamental farão provas de português, matemática básica, noções de informática e conhecimentos específicos. Para o nível médio, a prova será composta por assuntos de língua portuguesa, noções de informática, legislação do saneamento e conhecimentos específicos. Os candidatos ao cargo de assistente de serviços comerciais farão, também, prova de matemática. Já os concorrentes às vagas de nível superior, serão avaliados em língua portuguesa, noções de informática, legislação do saneamento e conhecimentos específicos.

O edital prevê 42 vagas de agente de Saneamento (nível fundamental), sendo reservadas duas vagas para deficientes. Há também duas vagas para assistentes de Gestão e de Serviços Comerciais (nível médio). São oferecidas cinco vagas para a formação técnica em contabilidade, enfermagem e mecânica.

Para nível superior, são 13 vagas para analista de Saneamento nas especialidades engenharia civil (9), engenharia de segurança do trabalho (1), engenharia eletrotécnica (1), engenharia eletrônica (1) e engenharia química (1). Também há oito oportunidades para a função de analista de Gestão com graduação em administração (3), comunicação social/relações públicas (1), gestão de pessoas/administração (1), analista de tecnologia da informação (1), assistente social (1) e economia (1).


G1




Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...