terça-feira, 30 de agosto de 2011

Construção de barragem gera preocupação entre moradores de Bonito

Um dos compromissos da presidente Dilma, foi a assinatura de ordens de serviço para a construção de barragens no Agreste do estado. A execução do projeto da barragem de Serro Azul tem trazido muitas dúvidas para os moradores e ambientalistas de Bonito. De acordo com eles, o governo ainda não conversou com as famílias afetadas e não se sabe qual será o destino do turismo na região.

Aronílson Leal Paes é um dos representantes de Bonito no Comitê da Bacia do Rio Una. Ele explicou que os detalhes do projeto da barragem ainda não foram repassados. “Por conta dessa incerteza, surgiram comentários no município de que as cachoeiras e o turismo vão acabar“, diz.

De acordo com o Governo do Estado, a barragem de Serro Azul vai custar 480 milhões de reais e cobrirá uma área de aproximadamente 1600 hectares. A capacidade de armazenamento será de 380 milhões de metros cúbicos de água. Por conta desse volume, uma parte da área de Bonito, que faz limite com Palmares, será inundada.

Este fato tem deixado os agricultores da região preocupados. Eles ainda não foram informados se precisarão deixar a área.

A agricultora Maria Verônica afirma que alguns agricultores da área desistiram de manter as lavouras. “Resolvemos não plantar mais porque não sabemos como é que vamos ter retorno do dinheiro que nós investimos”, explica.

O secretário de Meio Ambiente de Bonito José Pinheiro de Andrade explicou o posicionamento do município: “o município esta pedindo que se faça um reflorestamento dessa área. Nós queremos saber onde as pessoas serão alocadas e como isso será providenciado. O município vai exigir que essas pessoas não sejam prejudicadas”, afirma.

Além da prefeitura, os impactos ambientais da obra também estão sendo questionados pela ONG Sabiá da Mata, que foi criada há quatro anos em Bonito. Os integrantes dizem que a área da barragem é de preservação permanente.

“Nossa preocupação é que os fragmentos da Mata Atlântica que existem na região sejam preservados. Nós queremos provocar os órgãos públicos, inclusive o Ministério Público de Pernambuco, para que as providências em relação à diminuição desses impactos sejam tomadas”, afirma Arlington Coelho, representante da ONG.

De acordo com o secretário de Recursos Hídricos João Bosco de Almeida, a mata já foi destruída no passado. “Diferentemente das outras barragens, que são menores, mas pegam uma área mais arborizada, com floresta, essa não tem quase nenhuma mata. Mesmo assim estamos concluindo um estudo ambiental. Eu espero estar com ele pronto em setembro, com todos os cuidados e as compensações que a lei determina.”, explica.

Quanto às famílias que vivem no local, o secretário afirmou que só serão retiradas as pessoas que vivem onde a obra será realizada e que um debate com os moradores será iniciado. “Um pessoal está inventariando todas as famílias que moram na região afetada, registrando o que elas fazem e quais benfeitorias existem nas terras. Depois iniciaremos um debate com os moradores para decidir qual é a melhor forma de remanejamento das pessoas”, afirma.

O secretário ainda informou que as obras serão iniciadas em de dezembro deste ano e que o turismo não será afetado. De acordo João Bosco os turistas terão acesso à cachoeira do Véu da Noiva em um passeio de barco, o que atualmente não é possível.

Fonte: Giro PE

Na 2ª visita a Pernambuco, Dilma inicia obras de contenção de enchentes

A presidente também vai assinar ordens de serviço para a construção de barragens no Agreste e de unidades habitacionais para moradores atingidos pelas chuvas



A presidente Dilma Rousseff fará sua segunda visita a Pernambuco. A chegada dela está prevista para as 10h desta terça-feira (30), em Caruaru, Agreste do Estado. Na companhia do governador Eduardo Campos, Dilma irá percorrer municípios do Interior e dar início a obras na Mata Sul pernambucana, para conter enchentes como as que causaram devastação nos últimos dois anos.

A presidente também vai assinar a ordem de serviço para a construção das barragens de Panelas II e Gatos, no Agreste, que fazem parte do plano de contenção de enchentes do Governo do Estado. As obras vão custar R$ 65 milhões, dos quais R$ 50 milhões serão pagos pela União e o restante pelo Estado.

Também será assinado um convênio entre Estado e União para a construção de mais de 15 mil unidades habitacionais espalhadas em 23 municípios do Agreste e da Zona da Mata pernambucana. Serão investidos R$ 300 milhões nos condomínios, que serão destinados a moradores atingidos pelas cheias de 2010 e 2011.

À tarde, Dilma se reúne com lideranças políticas da região em um hotel de Garanhuns. Em seguida, às 14h30, ela e Eduardo Campos participarão da aula inaugural do curso de medicina na Universidade de Pernambuco, também no município de Garanhuns.

Dilma e Eduardo também irão cumprir compromissos na capital pernambucana, onde participam, às 17h, da inauguração do prédio de uma empresa de telemarketing. A presidente voltará a Brasília por volta das 18h.


Da Redação do Portal +AB

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Moradores de Bonito fazem abaixo assinado contra construção de barragem

Os moradores querem saber se a construção acabará com a vegetação do local, com a história, o turismo, a economia de muitos agricultores e até mesmo para onde vão as famílias


O ABTV 1ª edição desta terça-feira (23) começou falando de uma polêmica que tem tirado o sossego de moradores da cidade de Bonito, no Agreste do Estado. Isto por que a construção da barragem de Serro Azul, em Palmares, na Mata Sul, que faz divisa com a cidade de Bonito, tem trazido muitas dúvidas. Os moradores querem saber se a construção acabará com a vegetação do local, com a história, o turismo, a economia de muitos agricultores e até mesmo para onde vão as famílias.

Um toldo colocado na entrada da cidade de Bonito chama a atenção de quem passa pelo local. No local estão sendo recolhidas assinaturas contra o projeto do Governo do Estado, que prevê a construção de uma barragem na região. A população tem medo que a obra acabe com as belezas naturais do município.

A reclamação também vem dos guias turísticos da região. O setor já estaria sendo afetado antes mesmo do início da obra. “Nós já estamos tendo queda de 50% no número de clientes”, disse o presidente da Associação dos Guias de Bonito, Wagner Jácomo.

De acordo com o Governo do Estado, a barragem de Serro Azul vai custar R$ 480 milhões. A capacidade de armazenamento será de 380 milhões de metros cúbicos de água. Por conta desse grande volume, uma parte da área de Bonito, que faz limite com Palmares será inundada. O que tem deixado os agricultores da região preocupados. Com medo, tomaram uma decisão.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Bonito realiza tributo a Raul Seixas

Foi realizado na tarde/noite deste domingo em nossa cidade, uma festa em tributo ao saudoso maluco beleza, "Bonito Canta Raul" foi realizado no antigo Sítio's Bar. Segundo o organizador do evento, Anderson Isídio (Danda), a data (21 de Agosto), não poderia passar em branco, "Hoje fazem 22 anos que o Raul nos deixou, essa festa é em homenagem a ele, ao maluco beleza", Danda ainda falou sobre as atrações do evento, "teremos hoje 9 bandas, sendo três delas daqui de Bonito, uma de Caruaru e as outras do Recife, mas a principal atração é o Cover do Raul, o Alexandre Seixas".



O Evento teve início as 13:00hs, passaram pelo palco as Bandas bonitenses Euforia,Etter e Bagas, a banda caruaruense Viatura e as recifenses 13 mil volts, Brivia, Chevetts, Janete saiu para beber e a banda Caroço de Manga que tocou junto com o grande Alexandre Seixas. Os fãs foram a loucura relembrando grandes sucessos de Raul Seixas, a alegria tomou conta de todos que ali estava, "espero que essa festa seja realizada todo ano, Bonito precisava de um evento como esse", falou Paulo Cesár, que veio de Caruaru para participar do evento.





































quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Ex-BBB e Miss Pernambuco visitam Bonito

O Município do Bonito, recebeu nesta terça-feira, dia 9, a visita de duas personalidades, o ex-participante do Big Brother Brasil 2011, Rodrigo e a Miss Pernambuco 2011, Leidyane Vasconcelos, ambos vieram participar de um ensaio fotográfico para a ASC Sport Company, uma marca especializada em moda esportiva. O ensaio será publicado na Revista VIP.

Após o café da manhã na Pousada e Petiscaria do Gordo, seguiram para o Bonito Eco Parque, uma das mais estruturadas cachoeiras de nosso município.

Para acessar postagens mais antigas clique aqui

Para acessar postagens mais antigas clique aqui